Rails Girl – Rails for Newbies

Ruby on Rails for Newbies

Tropeçando nos trilhos do rails julho 6, 2008

Filed under: Ruby on Rails — amandavarella @ 1:19 am
Tags:

Comecei meu aprendizado com o ruby on-line (tryruby).Sem me aprofundar muito no Ruby, fui direto pro Rails, pra ver como a coisa funcionava de verdade! Comecei bem, com o livro “Desenvolvimento rápido para a web com Ruby on Rails – Executando”.
Fui bem até o meio do capitulo 3, e daí pra frente a coisa começou a desandar.
O fim do capítulo 3 fala sobre listas e árvores. Quando informei o comportamento de lista na classe que eu estava usando:

class Slide "slideshow_id"
	belongs_to :photo
end

Com a linha “acts_as_list”, a coisa começou a desandar. A classe não funcionava de jeito nenhum, os métodos da lista não funcionavam. Se eu retirasse o “acts_as_list” voltava a funcionar. Dei uma “googlada” até que achem alguém falando que tinha que instalar o plugin do acts_as_list, pois bem, no prompt executei:

ruby script/plugin install acts_as_list

E as coisas começaram a funcionar. Continuando o tutorial, fui fazer os exemplos de árvore (acts_as_tree) e o que aconteceu? O mesmo problema, só que dessa vez era fácil, seguindo o raciocínio, só podia ser…

ruby script/plugin install acts_as_tree

E era mesmo, e minha árvore funcionou.
Terminado o capítulo 3, fui rumo ao capítulo 4, onde é mostrada a construção de uma aplicação CRUD com apenas uma linha de código (fora o modelo de dados que já tínhamos feito nos capítulos anteriores). E a aplicação deveria ter saído assim:

class PhotosController < ApplicationController scaffold :photo end [/sourcecode] E adivinhem? Pau no método scaffold! Eu já estava achando tudo muito estranho, como o livro não diz que tem que instalar uma porção de coisas? Aí pesquisando, vi nos blogs, grupos, várias pessoas com os mesmos problemas, e a questão está na versão do Rails, que para o livro era a 1.2.6 e atualmente estamos na 2.1. Uma solução sugerida era eu ficar instalando tudo que fosse pedindo a medida que eu precisasse, mas por favor né? Eu estou aprendendo, e ainda ter que ficar brigando com biblioteca não é um bom começo! Confesso que já estava começando a achar esse tal de rails bem esquisito! Aí pesquisa daqui, pesquisa de lá, vi um link muito bom, das pessoas falando especificamente de seus problemas com o livro , falando pra desinstalar o 2.0 e instalar o 1.2.. ai fiz isso, li tb o artigo do Akita, que diz que o rails pode rodar com múltiplas versões inclusive , só que pra mim não funcionou. Ah sim, esqueci de dizer que estou usando o Instant Rails, e aparentemente ele foi o problema, não gostou muito de eu mudar a versão de rails nativa dele não… então resolvi chutar o balde, e instalei o Instant Rails 1.7, que utiliza o Rails 1.2.3 e recomeçar com tudo de acordo.
Bem, quando eu estava quase desistindo deste livro, aí li neste artigo do Akita o seguinte trecho “Ou seja, sim, compre os livros que existem atualmente. Não fique aguardando porque senão você estará perdendo tempo. Nenhum livro é suficiente para aprender tudo. Todos os livros são bons para que se tenha pelo menos o “grosso”, mas depois disso é sua responsabilidade de evoluir sozinho. Por exemplo, o livro do Obie vai ficar parte obsoleto em breve porque o Rails 2.1 está para sair e isso trará coisas que obviamente o livro dele não cobre. O novo do Dave Thomas provavelmente vai cobrir 2.1, mas até ele sair nós já estaremos vendo coisas novas da 2.2 ou mesmo 3.0!”
Então, sigo com o livro antiguinho mesmo! Back to rails 1.2.3!

Anúncios
 

7 Responses to “Tropeçando nos trilhos do rails”

  1. Edilson Vilarinho Says:

    Grato pelas dicas do Livro Desenvolvimento rápido para a Web Ruby on Rails Executando. Valeuuu mesmo.

  2. Mateus Manosso Barszcz Says:

    Bacana Amanda,

    Li apenas este post, mas já gostei… acho que seu blog e seus posts tem tudo haver comigo! (newbie) rs…

    Também estou começando com o rails, mas como estou concluindo minha faculdade, estou indo bem a passos de tartaruga! Acredito que pro final do ano a gente possa trocar algumas figurinhas! 😀

    Valeu pela dica do livro, acho que vou adquirir também!

    []s

  3. Edilson Vilarinho Says:

    Olá, vc sabe os comandos para deixar o rails com a versão compátivel com o livro ? Precisa tb atualizar o ruby ? Digo voltar para uma versão mais antiga, em casa afirmativo qual a versão e os comandos para executar essa alteração ? Digitei um comando que um colega do railsBR passou, para fixar a versão somente para o projeto rails do livro (Photos Share), mas acredito que não tá funcionando legal pelas mensagens de erros estranhas.

    Grato pela atenção.

  4. Joel Cipriano Says:

    Oi Amanda 🙂

    Sou um newbie em Ruby tb.
    Adorei a sua iniciativa e assinei o seu feed.

    Uma perguntinha: vc tá usando o TextMate nos exemplos que você deu neste post?

  5. amandavarella Says:

    Oi Joel, eu não estou usando Text Mate pois uso Windows mesmo. Estou usando Net Beans.

  6. amandavarella Says:

    Edilson, desculpe a demora na resposta, é que por algum motivo seu comentário foi classificado com spam pelo wordpress. Olha, eu tb tinha tentado voltar a versão, mas tive uns probleminhas, então como boa “newbie” que sou, preferi não perder tempo voltando a versão e instalei do zero a versão do livro mesmo. Quando acabei os exemplos aí instalei a 2.1 por cima. Se vc conseguiu fazer voltar a versão sem problemas ajude a comunidade postando aqui a solução!

  7. Diego Gomes Says:

    Assinei seu feed! e deixo aqui o link pra quem quiser baixar o instant rails 1.7 para windows! http://rubyforge.org/frs/download.php/18843/InstantRails-1.7-win.zip


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s